Vencedor

do desafio

Antes de Topia finalmente se revelar para o mundo, o Alto Conselho decidiu que um (e somente um) artista  teria a chance de se juntar ao povo topiano e receber um passaporte  para essa terra mágica. Então pedimos a você para vir conosco reimaginar lendas  brasileiras através de uma ilustração, concept art, cenário, etc.

A Escola Revolution, o Benora Collective, o Revolution Now e o Alto Conselho se reuniram para analisar e fazer considerações sobre cada uma das sessenta e uma subscrições e decidir a arte vencedora.

Conheça abaixo a arte vencedora, e outras que mereceram aquela menção honrosa.

 Parabéns à vencedora. Nossos cordiais agradecimentos a todos que participaram.

PRIMEIRO LUGAR

CAIPORA

Sua origem está na mitologia indígena Tupi-guarani. Do tupi, a palavra “caipora” (caapora) significa “habitante do mato”.

Caipora é uma índia anã, com cabelos vermelhos e orelhas pontiagudas. Existem versões em que seu corpo é todo vermelho e noutras, verde. Ela vive nua nas florestas e tem o poder de dominar e ressuscitar os animais. Seu intuito principal é defender o ecossistema e, portanto, faz armadilhas e confunde os caçadores.

SEGUNDO LUGAR

SOL E LUA

A peça foi inspirada pelo mito tupi-guarani dos Gêmeos Sol e Lua e a concepção de apocalipse dos indígenas.

Em uma versão do mito do Sol e da Lua, entre os Guarani-Kaiowá, Guaracy e Jacy são dois filhos gêmeos órfãos que são criados por onças após a morte da mãe. Em sua jornada ao Céu em busca do pai (onde posteriormente recebem dele a dádiva de iluminar o mundo), ao descobrirem por um pássaro falante que a mãe foi assassinada pelas feras, preparam uma emboscada em busca de vingança. No entanto, uma onça grávida sobrevive à armadilha, e assim, para sempre, os irmãos são perseguidos.

TERCEIRO LUGAR

curupira

Para este concept, o Vinicius reinterpretou a lenda do Curupira.

Em uma tribo Tupi , uma mulher deu a luz a uma criança com orelhas pontudas, pés virados para trás, cor de pele estranha e pelos avermelhados. A tribo o recebeu como um presente da natureza e então passaram a adorá-lo como uma entidade. Mais tarde a natureza revindicou de volta seu filho, mas este jamais poderia andar sozinho pela floresta por conta dos seus pés virados. Foi então que o ancião da tribo designou a melhor guerreira para carregá-lo e cuidá-lo, como uma mãe faz com seu próprio filho e juntos protegerem a floresta de caçadores e do desmatamento.

Menção Honrosa

Renan_Ribeiro_001-crop

Menção Honrosa

João Paulo Bragato 03 - Peça Final (Concept Art)-crop
Irmãos da Iara | João Bragato

Menção Honrosa

Victor_jose_ferraz_da_silva_001-crop
Mãe de Ouro | Victor Ferraz

Menção Honrosa

Rafael_Matheus_Chaves_Silveira_008-crop
Velho do Saco | Rafael Matheus

Menção Honrosa

Vitor_Hugo_Do_Nascimento_Pereira_010-crop
Bois de Parintins | Vitor Vincent

SOBRE AS REGRAS

• O candidato enviará imagens, peça final + imagens de apoio, que demonstrem o processo criativo e raciocínio do autor que o levaram ao resultado final (estudos, rabiscos, planejamento), mas no máximo 10 imagens.

• Nas imagens de apoio devem conter apenas estudos baseados em referências/terceiros, mas não um trabalho de terceiro.

• Serão desclassificados candidatos que usarem artes de autoria de terceiros ou feitos por mais de uma pessoa.

• A arte deve ser feita EXCLUSIVAMENTE para o concurso.

• O artista deve possuir direitos exclusivos da arte (não pode ser trabalho para cliente).

• Cada candidato vai concorrer a UM prêmio, mesmo que se candidate com mais de uma peça.

SOBRE OS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

→ Criatividade
Será privilegiada a arte original e com as ideias mais criativas.

→ Adequação ao tema
Será privilegiada a ilustração que promova uma nova forma de se interpretar uma lenda específica.

→ Melhora em relação ao portfolio
O empenho de cada artista em gerar uma peça para este concurso será levado em consideração.

→ Qualidade  de  Técnica e Execução
A qualidade técnica e a qualidade de execução contarão pontos.

→ Processo de criação
A maneira como o candidato chegou na imagem final será considerada.

Todas as artes serão avaliadas conjuntamente por membros do Benora Collective. Espera-se que o artista:

• Mostre o desenvolvimento e o processo de criação (concept: iteração / ilustração: thumbnails).
• Mostre os estudos (estudos que sejam pertinentes ao que você quer atingir com sua peça)
• Mande sua arte dentro do prazo.